Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

MARCOS DA MEDICINA

05/11/2020 - Fazendo História

A REVISTA DA APM segue relembrando os 90 fatos mais marcantes de toda a história da Medicina. É fato que a humanidade não seria a mesma sem os tantos avanços que contribuíram para maior qualidade de vida e promoção de saúde em todo o Planeta. Nesta edição, relembramos algumas das principais descobertas científicas que contribuíram para a elaboração de técnicas, vacinas e medicamentos extremamente eficazes e importantes para a manutenção do organismo dos seres humanos no início do século passado.

1. DESCOBERTA DA BACTÉRIA RICKETTSIA PROWAZEKII
Em 1916, Henrique de Rocha Lima ficou internacionalmente renomado após descobrir que a bactéria Rickttesia prowazekii era a causadora do tifo exantemático, doença altamente contagiosa transmitida através do piolho humano. Ao lado de Stanislas Von Prowazek, analisou os intestinos dos artrópodes presentes em soldados infectados e chegou à conclusão final, evidenciando a distribuição da doença, além de sua epidemiologia e profilaxia.

2. FARMACOPEIA PAULISTA
No ano de 1917, foi publicada a primeira edição da Farmacopeia Paulista. Editada por uma comissão que respondia a Florentino Meira de Vasconcellos, professor da Faculdade de Farmácia de São Paulo, a publicação foi o primeiro compêndio do País, incluindo a discussão acerca do uso de extratos fluidos e suas principais técnicas de produção, ampliando a farmacêutica e servindo como uma espécie de manual da área.

3. GRIPE ESPANHOLA NO BRASIL
Em setembro de 1918, a gripe espanhola chega ao Brasil, inicialmente sem causar grandes repercussões. No entanto, através da rápida disseminação só no estado de São Paulo já eram mais de 350 mil infecções, mais da metade da população local da época logo a pandemia passou a ser notificada. No total, estima-se que 35 mil pessoas tenham sido vítimas da doença no Brasil, entre elas, Rodrigues Alves, presidente eleito que faleceu antes de assumir o cargo.

4. PENICILINA
Em 1929, após tirar alguns dias de folga enquanto estudava a bactéria Staphylococcus aureus, causadora de infecções em feridas, o médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming analisou que, por falta de acondicionamento e supervisão, o material havia embolorado. Ao redor do fungo, que ele concluiu ser o Penicillium notatum, já não existia mais a atividade da bactéria, indicando que ela havia sido morta pelas substâncias liberadas por aquele bolor. Surge assim, por acaso, a penicilina.

5. CORAÇÃO ARTIFICIAL
Ao voltar para o Estados Unidos, após a Primeira Guerra Mundial, o médico Alexis Carrel dedicou seus estudos ao desenvolvimento de uma técnica que contribuía para a conservação extracorpórea dos órgãos. No entanto, para dar certo, a experiência necessitava de uma contínua circulação de sangue para irrigá-los. Sendo assim, Carrel desenvolveu uma bomba de corrente sanguínea que ficou conhecida como o primeiro coração artificial da história. 

6. VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA
Em 1930, o médico sul-africano Max Theiler esteve nos Estados Unidos enquanto estudava sobre a febre amarela. Após a análise em camundongos se mostrar ineficaz para o uso humano, o pesquisador cultivou o vírus em embriões de galinha e constatou que a fórmula obtida era imunizante e não trazia riscos para a saúde do homem. Entre 1937 a 1940, a vacina foi testada ao redor do Brasil, obtendo resultados satisfatórios.

7. RADIOIMUNOENSAIO
A estadunidense Rosalyn Yalow foi a responsável pelo desenvolvimento da técnica de radioimunoensaio (RIA). O procedimento, até hoje, é utilizado para analisar a eficiência de antibióticos e demais medicamentos, além de medir a concentração de insulina no sangue dos pacientes e servir como base de testagem para saber se há indícios de doenças como hepatite no sangue das pessoas analisadas.

8. ESTRUTURA DO DNA
A parceria entre os cientistas Francis Crick e James Watson permitiu que elaborassem o modelo de dupla hélice da molécula de DNA. No ano de 1953, eles construíam um modelo molecular que considerava o tamanho e a configuração espacial de nucleotídeos. Desta forma, após analisarem os resultados obtidos através de raio-X, concluíram que a estrutura do DNA é formada por duas cadeias paralelas envoltas de nucleotídeos em sequência.

9. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL
Considerada uma das maiores revoluções sexuais da história e um dos principais símbolos da independência feminina, a pílula anticoncepcional foi descoberta nos Estados Unidos, na década de 1960.

10. ALBERT SABIN E A POLIOMIELITE
O médico polonês Albert Sabin foi o responsável por praticamente erradicar a poliomielite em todo o mundo. Utilizando um vírus atenuado da pólio em sua composição, a vacina oral - conhecida popularmente como “gotinha” – possuía componentes que ajudavam a prevenir a doença. A forma acessível e rápida de vacinação foi um sucesso e permitiu que diversas crianças ao redor de todo planeta conseguissem se imunizar.

Eventos Científicos



Valor das Consultas

Saiba qual o valor real de sua consulta com a calculadora criada pela APM